Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

just say it

este é um contributo para chegarmos a quem está do lado de lá, porque importa sermos mais activos e disponíveis para o que está em nosso redor. a surpreender na forma como o fazemos. a termos mais e melhores resultados.

just say it

este é um contributo para chegarmos a quem está do lado de lá, porque importa sermos mais activos e disponíveis para o que está em nosso redor. a surpreender na forma como o fazemos. a termos mais e melhores resultados.

sobre a assertividade

atencao_ao_que_fala.jpg

ter o coração na boca é bom até certo ponto. quando nos deixamos levar por ele nem sempre gostamos do resultado. 

o mesmo acontece para quem tem o cérebro ligado à boca. nem sempre as pessoas se deixam ir, se motivam com o que dizemos.

a assertividade junta os dois, a uma esquina próxima da boca, mas onde ainda há uma distância que nos dá espaço para respirar. como? 

primeiro a assertividade resulta da racionalização dos aspectos práticos, das ideias chave a transmitir e a repetir. e, por princípio, a razão não se alonga muito mais.

depois chega o coração, que pinta de cores o mais importante, que sublinha ideias chave, que anima exactamente os pontos mais relevantes. acelera a voz, traz brilho a um sorriso e traz vida às mãos. 

é quando sai um conjunto de ideias bem articulado. e com impacto. e que mais facilmente fica nas pessoas que temos à nossa frente.

o que temos de garantir? que à primeira provocação, não deixamos o coração chegar-se à boca. recostemo-nos na cadeira para ganhar distância, organizemos pensamento, um pouco de calor do momento, e sigamos. para melhor, com certeza:)

 

Be Great!

www.plus.com.pt