Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

just say it

este é um contributo para chegarmos a quem está do lado de lá, porque importa sermos mais activos e disponíveis para o que está em nosso redor. a surpreender na forma como o fazemos. a termos mais e melhores resultados.

just say it

este é um contributo para chegarmos a quem está do lado de lá, porque importa sermos mais activos e disponíveis para o que está em nosso redor. a surpreender na forma como o fazemos. a termos mais e melhores resultados.

sobre boas conversas #13

inspiração.jpg

gosto quando um cliente se propõe inspirar. é um objectivo ambicioso. mais até do que motivar.

quando inspiramos, a motivação não chega a ser tema, porque nasce uma vontade imperiosa de seguir quem inspira. há toda uma conquista, há toda uma doçura que encanta quem ouve. as barreiras baixam. os ruídos silenciam-se. 

a dificuldade de inspirar pode colocar-se ao início. porque é mais difícil cativar para a conquista. afinal de contas gostamos de julgar. de catalogar. e quem inspira contraria-nos. e surpreende-nos.

quem inspira transpira verdade. transpira intensidade. tem uma espécie de luz que ilumina toda a sala. e tem uma boa 'história'. um guião que é uma viagem. que começa alinhada com o ponto que vamos descobrir. como se caminhássemos rumo ao ponto mais alto, que vai estar sempre na nossa linha de visão, ao longo do caminho. e toda a história relata o caminho até chegarmos à vista imensa quando chegamos ao ponto alto. esse é o momento em que tudo parece fazer sentido. esse é o momento em que deixamos todas as peças da história se encaixem. esse é o momento em que respiramos fundo e deixamos a história viver em nós. FOMOS E ESTAMOS INSPIRADOS!

e aquela verdade, aquela intensidade, aquela luz estão na história. fazem parte dela. estão no adn de quem a conta. arrepiam-nos. sentimos as borboletas na nossa barriga.

o guião da história cumpre com estas sensações. na verdade, dita-as. lança-as. naturalmente.

se quer inspirar com a sua história, limpe-a de espinhas. tire-lhe o acessório. defina o caminho para aquela imagem inacreditável que se avista do alto da montanha. e não precisa de ser um caminho necessariamente linear. mas as pedras mais desafiantes, os caminhos de água que refrescam, os momentos de calor e de quase exaustão, vão ter que lá estar. 

assim como a clareza: a mensagem tem de estar e ser óbvia. seja claro com o que nos traz.

está a ver-se a arrebatar a sua audiência na próxima intervenção?

 

Plus, Be Great!

www.plus.com.pt

 

 

sobre atitude #7

escolher.jpg

distinguimo-nos pelas escolhas que fazemos. sem dúvida.

em comunicação também. talvez porque quando comunicamos evidenciamos as escolhas que fazemos. 

passamos as alegrias. as tristezas. como escolhas 'directas'.

ficam à vista os desconfortos. os incómodos. a espelhar as escolhas que ainda não fizemos.

não há certo nem errado nestas escolhas. sobretudo se não perdermos de vista que estão, normalmente, intrinsecamente ligadas aos nossos valores. ao que nos rege.

escamotear aquelas escolhas não será o melhor caminho. coloca-nos fora de nós. e por isso longe do que somos. do que nos torna autênticos.

assumir escolhas e dúvidas? por vezes pode ser o caminho. 

 

Plus, Be Great!

www.plus.com.pt

 

 

 

sobre ambição #5

gosto da palavra ambição. tem força.

gosto ainda mais quando tem propósito. quando tem direcção. quando não é apenas uma sede desmesurada, de tudo e mais alguma coisa.

há uns dias, um trainee procurou-me para novas sessões. tem a ambição de ser melhor:) 

a pedra de toque foi a sua promoção na empresa, que correspondia a melhores condições e também a um convite para mais formação.

dizia-me o meu cliente que não queria seguir a linha tradicional de formação. quis seguir antes pelas áreas de melhoria que eram claras para si: línguas, para melhor se integrar em projectos e equipas internacionais. e comunicação, para melhor motivar as suas equipas, para ter impacto no chefe, para melhorar resultados nos seus contactos com clientes, entre outros objectivos.

todo este discurso fez-me pensar que este homem tem uma estratégia muito curiosa para prosseguir na sua vida. sabe ao que vai e sabe traçar o seu caminho.

tem ambição. tem drive: sabe para onde vai, sabe que posição ambiciona na empresa. sabe também até onde está disponível para ir sem deixar a sua vida pessoal para trás. não quer perder tempo.

ele vê o seu objectivo de longo prazo muito claramente. sabe que é certo. desenha as etapas que terá de percorrer no tempo e esforço mais adequados. confia em si. confia na equipa que construiu e a quem exige resultados.

não tem pressa nem vagar. ele sabe exactamente o que tem de fazer, o que tem de garantir. e confia. 

não teme fazer escolhas, pois sabe que são decisivas para que o seu caminho se cumpra. mesmo que as escolhas não sejam óbvias para os outros. não perde o seu norte. e esta é, talvez, a sua melhor característica. é o que o impele a explorar outros caminhos onde outros nada vêem. 

é um gosto enorme em contribuir para que esta etapa se cumpra na vida deste meu cliente:) e uma forma muito interessante de comprovar que conseguimos o que ambicionamos, se conseguirmos ver para lá da mera ambição: saber ao que vamos, quem nos ajuda no percurso, que patamares teremos de subir... e confiar no nosso instinto. sobretudo se nos guia habitualmente por bons caminhos.

Bom Ano!

 

Plus, Be Great!

www.plus.com.pt

ambition.jpg